Essa é uma das principais reclamações entre os homens, seja em função de fazer algo em conjunto ou sair para se divertir, ou principalmente, nos momentos mais íntimos. O que faz a mulher dizer que está cansada, afinal? Descubra agora alguns de seus motivos!

A mulher pode realmente está cansada e sobrecarregada

Não é de hoje que as mulheres têm dupla ou tripla jornada de trabalho. São mães, donas de casa, estudantes, trabalhadoras, muitas vezes têm mais de um emprego, e ainda esposas. Nem sempre dizem que possuem demandas de mais, pois são culturalmente incumbidas de terem muitos afazeres.

mulher

Então, antes de julgar o fato de sua esposa reclamar que está cansada para fazer sexo ou qualquer outra coisa, veja como é a rotina dela. Ofereça ajuda com as necessidades de casa, se possível, ou com as demandas dos filhos. Respeite seus momentos de descanso, pois assim terá com ela momentos íntimos ainda melhores. Outro fato que deve considerar é que o uso de anticoncepcionais ajuda a aumentar a fadiga, o cansaço e as dores de cabeça – logo, as queixas dela podem ser reais.

A relação pode estar desgastada

Muitas vezes ela diz estar cansada como uma fuga de uma relação desgastada. Será que você mesmo não mudou também? Será que não faltam mais momentos de intimidade e cumplicidade? E a rotina, tem atrapalhado os momentos a dois? Avalie a relação como um todo e não apenas a reação dela. Sugira mudanças e dê exemplos. Proponha uma maior aproximação e esteja disposto às novidades.

mulher

A ausência de sexo, por exemplo, pode estar por trás das reclamações de cansaço. A qualidade do sexto não se faz necessariamente pela quantidade, mas pela continuidade das relações. Não pode deixar o fogo morrer e é preciso lembrar que essa ligação nem sempre é exclusivamente sexual. Carinho, gentilezas diárias, respeito, elogios: tudo isso conta para aproximar uma mulher de um homem.

Relação se faz a dois – a falta de estímulo

Muitos homens pensam que a mulher tem uma espécie de “botão mental” que basta eles demonstrarem interesse sexual que elas ativam este recurso. Mas não funciona desta forma. A mulher vê os momentos íntimos de um modo diferente que os homens – há mais profundidade e necessidade de estímulos, não apenas físicos, para que ela entre no clima. Além disso, mulher não estará sempre à sua disposição. E muitas vezes você não está dando a ela aquilo que está exigindo para si.

mulher

A relação se faz a dois e a falta de estímulo pode estar por traz do fato de ela estar sempre cansada. Você tem estimulado a sua mulher? Como você chega a um momento de intimidade com ela? Você sabe quais coisas a excita? E destas, quais vem tentando e demonstrando? Vale a pena repassar o que funciona ou não entre vocês.

Não existem culpados: comunicação em primeiro lugar

Não existe o casamento perfeito, relação sem pesares e pessoas que pensam da mesma forma. Não existe culpa em relação a indisposição de um dos parceiros. É preciso compreender os fatos relacionado ao relacionamento e entender o papel de cada um nesta relação.

Aprenda neste vídeo do canal Malu Moreira como evitar discussões:

Sempre falamos aqui no blog Malu Moreira sobre a importância da comunicação entre o casal – aquele diálogo de qualidade e que realmente causa transformações significativas na vida a dois. Se ela está sempre cansada, chame-a para conversar sem segundas intenções. Veja o que você pode fazer para melhorar as coisas e não fique apenas esperando que ela mude. Pergunte o que ambos podem fazer de diferente para gerar uma nova realidade.

Bastam 5 minutos para revitalizar o seu casamento, mas as pessoas preferem deixar a conversa de lado. Uma infinidade de oportunidades pode ser descoberta para expandir a relação e o ponto de partida é saber conversar. Tente e deixe um comentário falando sobre os seus resultados.

Malu Moreira

Malu Moreira trabalha com relacionamentos há mais de 15 anos. Durante todo esse tempo, trabalhou com diversas culturas e costumes, aumentando ainda mais o seu conhecimento e experiência no dia a dia com relacionamentos. Casada e mãe de quatro filhos, ela vive em “estado de graça”, como costuma sempre dizer.

Sua estrada traz na bagagem além do Brasil, países como Bolívia, Portugal, Angola, Inglaterra e Suíça, onde reside atualmente.

E como ela sempre diz: “Eu acredito que duas pessoas possam viver em perfeita harmonia, respeitando os seus limites, contanto que estejam tomadas pelo amor”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.