Ansiedade – Quem de vez em quando não fica ansioso em um mundo tão acelerado como o nosso? O problema está em viver a ansiedade a todo o momento, já que ela atrapalha as tarefas cotidianas, os relacionamentos e até mesmo a conquista de metas e sonhos. Veja agora um pouco mais sobre o que é a ansiedade, quais são os seus sintomas e saiba também como combatê-la!

O que é a ansiedade?

A palavra “ansiedade” possui diversas definições nos dicionários, que vão desde aflição, angústia às perturbações do espírito causada pela incerteza, iminência do perigo e qualquer coisa que tire a pessoa de seu estado natural e a coloque em condição de atenção.

ansiedade

Trata-se ainda de um fenômeno natural, que pode nos beneficiar ou prejudicar, dependendo do contexto e das perspectivas de cada pessoa. Quando a ansiedade é muito intensa, tornar-se patológica, isto é, prejudicial ao nosso funcionamento psíquico (mental) e somático (corporal). Neste caso, é hora de consultar um médico especialista.

É a ansiedade que estimula o indivíduo a entrar em ação, mas de forma desmedida, faz com que a pessoa se torne refém de si mesma, já que a ansiedade é o elemento principal para diversos problemas psicológicos.

ansiedade

Na relação a dois também vemos os reflexos da ansiedade desmedida, que vai desde insegurança, medo, brigas rotineiras, falta de paciência, culpa e até mesmo problemas de natureza sexual.

Como você sente a ansiedade?

Muitos sintomas são comuns entre as pessoas que sofrem de ansiedade. É preciso diferenciar a ansiedade comum do dia a dia dos eventos mais intensos. Confira se você possui três ou mais dos sintomas abaixo associados:

  • Pensamentos negativos persistentes e que causam angústia.
  • Você tem dificuldades para relaxar.
  • Preocupações, tensões ou medos exagerados.
  • Fica na espera de que alguma coisa muito ruim irá acontecer.
  • Preocupa-se demais com a saúde, dinheiro, família ou trabalho.
  • Possui medos extremos de algum objeto ou situação – dirigir, ratos, pessoas, situações como ser roubado, sair na rua, etc.
  • Medo exagerado de ser humilhado.
  • Suas atitudes por vezes são impensadas.
  • Não consegue dormir com facilidade.
  • Não consegue manter o foco em algo por muito tempo, pois o sentimento de angústia retorna.
  • Os eventos de ansiedade são frequentes.
  • Possui muitos pesadelos.
  • Sente-se sempre cansado e estressado.
  • A sua vida sexual não é das melhores por causa do estresse.
  • Tem palpitações e taquicardia com frequência.
  • Sente muita fome ou a falta dela por muito tempo.
  • Entre outros sintomas.

Quais são os possíveis tratamentos contra a ansiedade?

Se você se identificou com aspectos da ansiedade, saiba que o problema possui tratamento e ações que possibilitam remediá-lo. Veja algumas indicações:

ansiedade

  • Medicamentos (apenas o médico poderá lhe indicar a medicação adequada para o seu caso).
  • Psicoterapia (realizada apenas com psicólogo ou médico psiquiatra).
  • Ambos os tratamentos (medicamentos e psicoterapia – o mais indicado para casos graves).

Quando a ansiedade está no início ou é bem leve, caso não queira recorrer aos tratamentos acima, poderá buscar métodos alternativos, como veremos a seguir – você pode ainda integrá-lo à intervenção terapêutica e medicamentosa. Contudo, a análise clínica é sempre indicada para todos os casos.

ansiedade

  • Aposte na meditação diária a fim de tornar o seu cotidiano mais calmo e garantir que durante todo o processo esteja consciente nas causas e soluções.
  • Viva o presente. O passado não volta mais e o futuro está por construir. Não sofra por antecedência.
  • A ansiedade está muitas vezes ligada ao medo. Analise os seus medos e veja como se sente em cada situação. Leia este post e veja como o medo é limitante (ainda mais em uma relação) e saiba como superá-lo.
  • Pratique exercícios e tenha uma alimentação saudável. Isso contribui para que o seu organismo tenha um melhor funcionamento, inclusive na liberação de certos hormônios e substâncias que causam ansiedade – como o cortisol. Há muitos alimentos que combatem diretamente a ansiedade, como os chás calmantes (camomila, valeriana, erva cidreira, etc.), o maracujá, todas as frutas cítricas, o espinafre, os carboidratos, etc.
  • Tenha bons hábitos de saúde – como dormir cedo, não consumir drogas e álcool e não conviver com pessoas e lugares estressantes.
  • Controle melhor a sua respiração – bastam apenas 5 minutos de respiração diafragmática para toda a sua expressão e sensações se modificarem.
  • A ansiedade pode ser abordada em suas sessões de coach. Não substituem a psicoterapia ou os medicamentos, mas podem colocar seus medos e anseios em perspectiva. Saiba que você não precisa viver ansioso e o Coaching pode ajudar! Coloque isso na sua lista de prioridades para este ano.
  • Sessões de massagem com um profissional especializado pode ser uma ótima forma de relaxar e driblar a ansiedade. A ansiedade pode resultar em dores musculares frequentes. Confira ainda outros tipos de terapias alternativas, como os florais de Bach, por exemplo.
  • Evite pensamentos nocivos, negativos e catastróficos – ainda mais em situações estressantes de longa duração. Você tem o poder dos seus pensamentos e pode escolher ficar ou não ansioso em determinadas situações.

Siga a coach Malu Moreira também no Twitter!

Malu Moreira trabalha com relacionamentos há mais de 15 anos. Durante todo esse tempo, trabalhou com diversas culturas e costumes, aumentando ainda mais o seu conhecimento e experiência no dia a dia com relacionamentos. Casada e mãe de quatro filhos, ela vive em “estado de graça”, como costuma sempre dizer.

Sua estrada traz na bagagem além do Brasil, países como Bolívia, Portugal, Angola, Inglaterra e Suíça, onde reside atualmente.

E como ela sempre diz: “Eu acredito que duas pessoas possam viver em perfeita harmonia, respeitando os seus limites, contanto que estejam tomadas pelo amor”.

Leave a Reply

Your email address will not be published.